Os vegetais são

o elemento que deve

ocupar a maior área do prato na nossa refeição.


Podem estar representados sobre várias formas de confecção, o importante é ter variedade e quantidade.

Durante as 3 horas do workshop vamos elaborar bases, alguns molhos e guarnições que vão alinhar as suas saladas com a estação da primavera.

Depois, com eles, vamos construir saladas ricas, surpreendentes e saborosas.

Estamos agora na Primavera.

A temperatura começa a aumentar e ainda trazemos a memória física do Inverno mas já com “um pé”

na Primavera.


Ao longo de 3 horas de curso, além de explorarmos os princípios da construção de uma salada, vamos elaborar saladas de Primavera. Aquelas que ainda trazem um toque de Inverno mas que já contêm a frescura e o desabrochar da Primavera.

Não vos deixo receitas mas sim a ANATOMIA DE UMA SALADA onde nos vamos basear para elaborar os seus componentes.


Uma salada é composta por três componentes principais:

  • Base
  • Molho
  • Guarnição

Com estas três variáveis, há infinitas possibilidades de composição.


BASE

A base da salada é essencialmente o ingrediente principal que compõe a maior parte do prato.

O ingrediente que seleccionar para a base, irá definir a categoria da salada em que o seu prato se enquadra, seja uma salada verde, uma salada de cereais, uma salada de vegetais cozinhados ou de leguminosas.


MOLHO

O molho é o que une todos os outros componentes da salada. 

Podem ser cremosos e ricos ou leves e picantes ou podem ser tão simples como umas gotas de sumo de limão.

Normalmente o sabor do molho é o que guardamos na memória.


GUARNIÇÃO

É mais do que o toque final da salada. Refere-se a toda e qualquer cobertura ou adição para além da base da salada e pode ser tão diversa como frutos secos, sementes, queijos vegan, pickles, vegetais marinados, ervas frescas, etc.

Estas adições tornam a salada mais excitante, introduzindo novos sabores e texturas na base e no molho.

Podem transformar uma salada num prato principal.


Os Molhos 

  • Maionese de Aquafaba
  • Molho Dourado
  • Pesto de Manjericão
  • Vinagrete Vermelho
  • Parmesão de Amêndoa


Salada 1

Batata-doce assada recheada com Grão-de-bico em Molho Dourado


Salada 2

Kale no vapor e mix salteado de Cogumelos com pérolas de Cevada


Salada 3

Massa no Pesto acompanhada de couves de Bruxelas e cubos de Tofu dourado


Salada 4

Salada Verde com gomos de Beterraba, com Tempeh fumado em casa e ninhos de Funcho


Salada 5

Salada Russa de batata-doce, flores de Brócolos e Couve-flor com Maionese de Aquafaba


Durante as 3 horas do workshop

vamos elaborar bases, molhos e guarnições.


Depois, com eles, vamos construir saladas ricas, surpreendentes e saborosas.

Até já ;)

Marta Ribeiro




Uma apaixonada pela educação, ecologia e sustentabilidade. É com essa paixão que diariamente explora o conceito de cozinha sustentável e sazonal que pratica desde 2005 quer em casa, nas formações que realiza com crianças e adultos e restaurantes em que já trabalhou.

Editou recentemente o Guia Natural de Alimentação para Bebés. 

É Mãe de 3 crianças. Todas concebidas e criadas com uma alimentação que considera a mais natural para o ser humano.

Curso de Culinária

Saladas e Molhos para a Primavera 


Ao longo de 3 horas de curso vamos elaborar bases, molhos e guarnições e, com eles, construir saladas ricas, surpreendentes e saborosas.


Com Marta Ribeiro

Os primeiros 10 minutos